Dia do Meio Ambiente: muito pouco a comemorar

1138 0

O ser humano com sua ganância, na busca de riqueza, de prosperidade, há muitos anos, vem sucessivamente, destruindo seu meio ambiente. A natureza com suas riquezas está se esgotando, com a ação predadora do homem.

É preciso um realinhamento urgente das ações do homem, para não danificar mais do que já danificou o meio ambiente. A consciência do respeito ao meio ambiente precisa começar, cedo, em casa, cuidando de cada compartimento de nossa casa.

Uso correto da água, da luz, sem desperdício, não sujar a rua, jogar lixo no lugar apropriado, a nossa casa é parte integrante do meio ambiente, não maltratar as plantas, não pisar nos jardins, nas gramas, não jogar lixo nos nossos rios, nas nossas praias. As ações positivas praticadas pelo cidadão, se cada um fizer sua parte, a natureza só tende a ganhar, nossa qualidade de vida melhora.

As grandes empresas precisam, urgentemente, buscar soluções para produzir de forma sustentável, é necessário buscar energia de fonte limpa, diminuir o efeito estufa, para evitar o aquecimento global.

O planeta está pedindo socorro, os fenômenos naturais em várias partes do globo terrestre, secas prolongadas, enchentes, desastres ecológicos, têm como causa a ação descontrolada do homem. É preciso buscar o progresso, aproveitar os recursos naturais, sem agressão, porque a agressão ao meio ambiente é agressão ao próprio homem e, em médio prazo, sua própria extinção.

Nessa semana do meio ambiente, é necessário que cada habitante do planeta pense na natureza, nossa mãe, e que saiba que cada ação contra a natureza, reverte contra o próprio ser humano.

A natureza é vida, é garantia da existência do ser humano.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Dia do Meio Ambiente: muito pouco a comemorar"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *