Detecta ajuda a deter criminosos que fizeram família refém no litoral

829 0

Da Redação – O cinturão eletrônico de videomonitoramento que cobre todo o litoral paulista ajudou a Polícia Militar a identificar, localizar e deter dois adultos e apreender dois adolescentes que roubaram um veículo e fizeram uma família refém em Itanhaém, no final de semana. O sistema foi implantado na semana passada e beneficia 38 municípios.

O Ford Ka preto ocupado pelos suspeitos foi identificado em quatro alertas em tempo real do destino do veículo, que havia sido roubado pouco antes da meia noite do dia 26 de dezembro. Às 20h51, às 21h52, às 22h09 de sábado e às 00h41 de domingo (27), o veículo foi detectado por câmeras do cinturão eletrônico entre as cidades de Itanhaém e Praia Grande.

Utilizando simulacros de armas de fogo, os suspeitos roubaram um Palio vermelho da família, mas abandonaram o veículo e fugiram no Ford Ka, veículo também roubado pela quadrilha. Durante essa fuga, o grupo foi cercado por viaturas da Polícia Militar, quando trafegava pela Praia Grande. “Diversas viaturas realizaram um bloqueio no entorno para evitar que eles pudessem fugir com o veículo roubado”, detalhou o comandante da PM na Baixada Santista e no Vale do Ribeira, coronel Ricardo Ferreira de Jesus.

O comandante da Baixada também ressaltou que a rápida identificação e prisão dos suspeitos foram auxiliadas pelo sistema que forma a 4ª fase do programa Detecta. “Essa ocorrência mostra a eficiência do novo sistema de cinturão eletrônico”, afirmou. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Praia Grande.

Cinturão eletrônico – A implantação da 4ª fase do Detecta começou na última quarta-feira (23), com a instalação de um “cinturão eletrônico” em todo o litoral do Estado, chegando ao Alto Tietê, na região metropolitana de São Paulo. Esta etapa do Detecta é fruto da conexão de 480 câmeras e radares OCRs, além de mais 2.181 câmeras de monitoramento em municípios e estradas da região ao sistema.

O cinturão, que forma o maior anel de sistema de monitoramento da América Latina, entrou em operação ao mesmo tempo que a Operação Verão 2015/2016, que está reforçando a segurança com mais de 2.883 policiais militares em 16 municípios até o dia 15 de fevereiro de 2016, do norte ao sul da faixa litorânea paulista.

No total, incluindo os municípios interligados à malha, 38 cidades serão beneficiadas pelas funcionalidades do sistema. Além da interligação de câmeras, o Detecta ainda pode receber imagens das 2.181 câmeras espalhadas por Praia Grande, Santos, Guarujá, Cubatão, Campos do Jordão e Itanhaém.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Detecta ajuda a deter criminosos que fizeram família refém no litoral"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *