Defensoria lança cartilha Vamos falar sobre masculinidade? e promove eventos

543 0

Da Redação – Os homens têm de demonstrar coragem e força enquanto as mulheres, fragilidade e dependência? Todo homem nasce forte e corajoso? Toda mulher é frágil e dependente? Essas são algumas questões problematizadas pela cartilha “Vamos falar sobre masculinidade?”, produzida pelo Núcleo de Promoção e Defesa das Mulheres da Defensoria Pública de SP.

A publicação busca conversar com o público masculino sobre o assunto. “É preciso conversar com os homens sobre como determinados comportamentos são ofensivos às mulheres e danosos a eles mesmos”, aponta a Defensora Pública Coordenadora Auxiliar do Núcleo, Yasmin Pestana. “A ideia de que existe uma padrão hegemônico de masculinidade que aprisiona os homens está relacionado ao machismo. O que a cartilha pretende debater é que existem várias formas de ser homem e outras formas de masculinidades que não estejam relacionadas a padrões machistas”, avalia.

Além disso, a publicação fala sobre violência doméstica, Lei Maria da Penha e de serviços de acolhimento e reflexão para homens autores de violência contra mulheres. A cartilha “Vamos falar sobre masculinidade?” estará disponível nas unidades da Defensoria Pública no Estado, além do site da instituição. Para falar sobre o tema, a Defensoria Pública promove na próxima semana duas rodas de discussões sobre gênero e masculinidades.

Na terça-feira (14) o evento será das 19h às 21h30 na Defensoria Pública em Santo André – localizada na Rua Senador Fláquer, nº 922, bairro Casa Branca. Já na quarta-feira (15) o debate ocorre das 17h às 19h30 na Defensoria Pública em Ferraz de Vasconcelos – que fica na Rua Carlos Gomes, nº 215, Vila Romanópolis. Os eventos são abertos ao público e não há necessidade de inscrições.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Defensoria lança cartilha Vamos falar sobre masculinidade? e promove eventos"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *