Nakagawa estreia espetáculo inspirado nas Living Dolls em novembro

394 0

Da Redação – Em novembro, Dan Nakagawa estreia (online) o espetáculo de dança-teatro A Vida das Bonecas Vivas, concebido e dirigido por ele. A montagem é inspirada nas Living Dolls, uma comunidade global de homens que se vestem com máscaras, roupas de silicone e seios protéticos a fim de se transformarem em bonecas vivas.  

A Vida das Bonecas Vivas tem provocação cênica do sueco Bogdan Szyberde, coreografia de Anderson Gouvea, além de Helena Ignezcomo atriz convidada. A estreia presencial está prevista para março de 2021.

Três lives relacionadas à montagem acontecem em agosto, setembro e outubro, pelos perfis @nakagawadan e @avidadasbonecasvivas no Instagram. Na primeira, no dia 31 de agosto (segunda, às 19 horas), Dan Nakagawa conversa com o dramaturgista Lucas Vanatt sobre O Processo de Criação e Construção de um Espetáculo de Dança-teatro.

Surgido nos anos 80, atualmente o movimento das Living Dolls tem mais adeptos na Alemanha, Reino Unido e EUA. A montagem investiga questões existenciais, de identidade, filosóficas e artísticas na construção psíquica da personalidade em busca de um duplo, como forma de transcender a própria existência. E, pelas sutilezas, tensões cênicas e subjetivas, revela a maneira como a instauração dessa nova persona afeta a identidade e, por consequência, a dança do corpo transformado.

Sinopse/espetáculo – Um homem de meia idade, em uma crise profunda de existência, decide viver uma nova experiência e contrata os serviços de uma inusitada agência japonesa, chamada La Buena Vista, que proporciona ao homem uma nova realidade: uma nova família, novos amigos, um novo amor e um novo nome: Margareth. Ele, então, decide renascer no corpo de uma boneca viva, em um outro planeta chamado A Outra Terra, inspirado numa Tóquio futurista. Nesse planeta, ela vive toda a felicidade que esse simulacro de vida pode oferecer. A fantasia vivida é plástica, assume a poesia da dança e do musical até que a realidade esquecida venha encontrar Margareth na forma de seu duplo. Frente a frente com sua parte mais sombria, Margareth deve fazer a sua escolha.

FICHA TÉCNICA – Direção e dramaturgia: Dan Nakagawa. Provocação cênica: Bogdan Szyberde. Coreografia: Anderson Gouvea. Dramaturgista: Lucas Vanatt. Atriz convidada: Helena Ignez. Bailarinos/atores/performers: Alef Barros, Anderson Gouvea, Laércio Motta, Gabriel Shimoda e Vivian Valente. Trilha sonora: Dan Nakagawa. Assistência de direção: Carla Passos. Design de luz e projeção: Amanda Amaral. Figurino: Alex Leandro. Cenografia e adereços: Rafael dos Santos. Sonoplastia: Lucas Paiva. Tradutor: Gabriel Shimoda. Direção de produção: Adriana Belic. Produção: Anayan Moretto. Arte gráfica: Felipe Uchôa. Mídias sociais: Platea. Assessoria de imprensa: Verbena Comunicação. Realização: ProAC – Programa de Ação Cultural, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

Serviço – Live: O Processo de Criação e Construção de um Espetáculo de Dança-teatro, com Dan Nakagawa – Mediação: Lucas Vanatt, no dia 31 de agosto, às 19h. Onde: Instagram – @avidadasbonecasvivas e @nakagawadan Livre. Grátis. Duração: 1h.

Total 4 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Nakagawa estreia espetáculo inspirado nas Living Dolls em novembro"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *