Cuidado com nossa língua portuguesa ao escrever, e ao falar

443 0

* Osmar Junqueira Lima – Durante um voo, dois passageiros conversam animadamente, e durante o taxiamento um deles disse: ‘o voo foi muito bom, o avião aterrisou na hora certa’. Vejam bem: um avião não aterisa. Portanto, o passageiro deveria ter dito ‘o avião aterrissou na hora’. Diga corretamente, aterrissar, aterrissagem, ou, se quiser, aterrar, ou aterragem.

Entrando numa casa vi a placa seja ‘benvindo’, no sentido de desejar boas vindas só pode ser bem-vindo, diga seja bem-vindo, bem-vinda, sejam bem-vindos, sejam bem-vindas; Benvindo, Benvinda é nome próprio.

Durante uma de minhas andanças, ao passar por determinada rua, vi uma faixa que dizia sobre a realização de uma festa beneficiente. Na faixa deveria estar escrito festa beneficente. Numa conversa animada, a amiga disse para a outra ‘tenho que ir, estou atrasada para o cabelerero’, ela está atrasada, também na ortografia, ela irá ao cabelereiro, palavra derivada de cabeleira.

Já no balcão da padaria, vi um cliente muito alegre se dirigir ao balconista: ‘me dá um chopes’. O nosso cliente cometeu dois erros, primeiro, não se pode começar a oração com pronome oblíquo átono, segundo, ‘chope’ tem singular e plural, portanto, o nosso cliente deveria ter dito corretamente: ‘dê-me um chope’, ‘tomei um chope’ ou ‘tomei dois chopes’.

Até a próxima!

* Osmar Junqueira Lima é professor de Português (Literatura e Letras Modernas), ex-coordenador do Curso Objetivo e um dos fundadores da Unidade de Santo André do Objetivo e editorialista do site CliqueABC. Contato com o colunista pelo e-mail professor.osmar.junqueira@gmail.com

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Cuidado com nossa língua portuguesa ao escrever, e ao falar"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *