Crianças internadas no Hospital Márcia Braido recebem Papai Noel

4514 0

Da Redação – O Papai Noel chegou mais cedo ao Hospital Infantil e Maternidade Márcia Braido. Na sexta-feira, 22, o bom velhinho fez uma visita especial às crianças hospitalizadas e em atendimento no Pronto-Socorro Infantil. Para Almir Cerigatto, o engenheiro mecânico de formação que se esconde atrás da longa barba branca e da pesada indumentária vermelha, a ação voluntária de levar momentos de alegria e um pouco de descontração a crianças fragilizadas em ambiente hospitalar, e para suas famílias, se repete há 16 anos.

Acompanhado da esposa, Rosana Cerigatto, e de pelo menos três grandes sacos vermelhos – um nunca dá conta de presentear todas as crianças, diz – Almir percorre os corredores do Márcia Braido tocando o sino de Natal, em um tom mais baixo que o habitual, é claro, abordando os pais e as crianças com o característico ho ho ho.

Com a “assistente de Papai Noel”, Gabriela de Castro Scaranto, voluntária que distribui presentes oriundos de doações em vários hospitais, dentro e fora de São Caetano do Sul, Cerigatto conquistou sorrisos e palavras de agradecimento por onde passou: na UTI Pediátrica, nos quartos e na brinquedoteca da Pediatria, nas salas de atendimento do Pronto-Socorro Infantil e na recepção.

Os brinquedos arrecadados pela Gabriela Scaranto, em sua maioria, novos, foram cuidadosamente separados por gênero e idade antes de serem entregue às crianças hospitalizadas. Os levados pelo Almir, devidamente a caráter, em traje de Papai Noel, foram adquiridos com recursos próprios. “Nosso foco são as crianças, mas os pais também se emocionam, principalmente quando estão em uma situação difícil, em hospital, na UTI.”, conta Amir Cerigatto.

Mal o Papai Noel deixou a recepção, a brincadeira já tinha se instaurado no local, com bolas rolando entre as cadeiras e brinquedos sonoros sendo “acionados” de um canto a outro. Ao término da visita, não se via uma criança sem, pelo menos, um brinquedo em mãos e um sorriso no olhar.

Humanização e voluntariado – O Comitê de Humanização do hospital, que nasceu do Centro de Estudos Silvio Torres, é o responsável por coordenar e orientar a atuação do voluntariado, em especial aquele mais diretamente ligado ao lado humano, que vai além do atendimento médico, como é o caso do Papai Noel, em sua visita anual.

O voluntariado é muito bem-vindo tanto no Hospital Infantil e Maternidade Márcia Braido quanto nos demais hospitais da rede, vinculados à Secretaria Municipal da Saúde da Prefeitura de São Caetano. Contudo, o candidato a voluntário deve passar por um processo rigoroso que inclui cadastro, entrevista pessoal, vacinação específica, além de treinamento.

Embora não seja um trabalho remunerado, deve-se assumir um compromisso com a equipe da unidade hospitalar e, claro, com os pacientes. Atualmente a unidade dispõe de 42 voluntários.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Crianças internadas no Hospital Márcia Braido recebem Papai Noel"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *