Consórcio realiza oficina para inventário sobre emissão de gases

597 0

Da Redação – O Consórcio Intermunicipal Grande ABC promoveu, nesta terça-feira (31), a primeira oficina para a elaboração do Inventário Regional de Gases de Efeito Estufa (GEE). No evento, realizado na sede do Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa), o ICLEI (Conselho Internacional para Iniciativas Ambientais Locais) – associação mundial de governos locais dedicados ao desenvolvimento sustentável – apresentou a metodologia que será utilizada na produção do documento, dando início ao mapeamento dos fatores de emissão e das atividades existentes nas sete cidades.

O encontro iniciou o processo de preparação do primeiro documento regional do gênero no país, informou a coordenadora do Grupo de Trabalho Defesa Civil do Consórcio e Diretora de Defesa Civil de Santo André, Débora Diogo. “Este será o primeiro inventário regional desenvolvido no Brasil. Outros municípios já desenvolveram seus inventários, a exemplo de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Recife, Fortaleza, Sorocaba, Betim, mas com essa abordagem territorial temos uma iniciativa pioneira”, afirmou.

Para realizar este trabalho, o Consócio criou o Grupo Temático Mudanças Climáticas, com participação de representantes das áreas de gestão ambiental e de riscos. Também foi criado um Grupo Ampliado de Mudanças Climáticas, que reúne gestores dos segmentos de desenvolvimento econômico, resíduos sólidos, energia, saúde e transporte das sete prefeituras. O objetivo do Grupo é coletar e sistematizar os dados que vão compor o inventário, além de dar contribuições técnicas para elaboração dos planos e metas que serão construídos ao longo dos próximos quatro meses.

A coordenadora do Grupo Temático Mudanças Climáticas e Secretária Adjunta de Gestão Ambiental de São Bernardo do Campo, Vanessa Valente, ressaltou que o documento vai contribuir para o planejamento das ações de controle de emissões de gases estufa na região. “O inventário será fundamental para que se conheçam as principais fontes de emissão de nossa região, e com isso poderemos propor políticas, ações e estratégias para mitigar os impactos dos gases de efeito estufa ao longo do tempo”, disse.

A metodologia escolhida para este trabalho é a GPC (Protocolo Global em Escala Comunitária, na sigla em inglês), desenvolvida pelo ICLEI, pelo WRI (World Resources Institute) e pelo C40 (Climate Leadership Group), que envolve 40 das maiores cidades do planeta mobilizadas no enfrentamento das mudanças climáticas. Esta metodologia permite a padronização de informações e indicadores para análises comparativas de inventários dos governos locais. Além disso, é uma ferramenta que capacita os técnicos locais na elaboração e revisão dos inventários elaborados.

O inventário é parte do plano regional de redução de riscos, uma das prioridades temáticas do Plano Plurianual Regional do Grande ABC, e deverá também subsidiar a preparação de uma estratégia de enfrentamento e adaptação às mudanças climáticas na Região Metropolitana de São Paulo.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Consórcio realiza oficina para inventário sobre emissão de gases"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *