Complô contra os times brasileiros na Libertadores?

1323 0

Saulo Leite – Tinha razão o atual presidente do Corinthians Mário Gobbi, quando afirmou em 2012 que a Copa Libertadores era igual a várzea. O que vem acontecendo na competição deste ano é digno de uma debandada dos clubes brasileiros que estão seriamente prejudicados. Há até quem acredite em um complô contra os times brasileiros campeões nos últimos 3 anos da competição com Internacional, Santos e Corinthians.

A gota d’água foi a criminosa arbitragem do árbitro juiz Carlos Amarilla na última quarta-feira no jogo entre Boca Juniors e Corinthians no Pacaembu. O atual campeão mundial foi roubado descaradamente com a não confirmação de dois gols legitimos a seu favor e ainda a não marcação de dois pênaltis.

O Corinthians montou um elenco caríssimo e vai perder não só prestígio mas também dinheiro que viriam das arrecadações da próxima fase. Não se pode afirmar categoricamente que foi uma atuação premeditada do juiz.

Mas depois que soube que não trabalharia na Copa do Mundo de 2014, pois foi vetado pela FIFA, Amarilla já não é o mesmo. E após a morte do garoto boliviano no jogo contra o São José, o Corinthians parece que passou a ser visto como um problema pela fracassada Conmebol.

Nos anos 60, o Santos de Pelé ficou sem participar de algumas Libertadores pois não interessava nem no lado financeiro já que as excursões rendiam mais. Além disso, já naquela época, a competição era uma desorganização total.

A Libertadores atual vem sendo disputada em alguns estádios inadequados como o do Tigre na Argentina e do Libertad no Paraguai. O próprio Corinhtians foi vítima ao enfrentar o Tijuana do México em um gramado sintético não utilizado pelos brasileiros. Daí a grande dificuldade em se adaptar.

Portanto Atlético Mineiro e Fluminense, que ainda estão na competição, que tomem cuidado. Afinal será que interessa aos organizadores ver mais uma vez um time brasileiro campeão?

E os dirigentes da Conmebol não estão nem ai com nada. E só punindo clubes como Corinthians, São Paulo e Grêmio, com a suspensão do técnico Wanderley Luxemburgo. Está na hora de os clubes brasileiros se unirem. Quem sabe formando uma Liga forte para impor os direitos dos clubes. Caso contrário a palhaçada vai continuar nos próximos anos.

Precisamos também parar de valorizar tanto essa competição achando que ela se assemelha a Liga da Europa. Um absurdo pensar nisso. Quem vê os Jogos da Liga Européia tem a impressão que está num teatro tal a organização. Até a música de abertura empolga o telespectador. A Libertadores atual é uma Várzea melhorada. Mas tem muitas semelhanças. Dirigentes varzeanos às vezes são até mais criativos e organizados.

 


Frase 1

O Corinthians não pode fazer nada. Eles mandam em tudo. Olha o custo que o Corinthians tem para jogar aqui. Um time que custa milhões para disputar o varzeano? O Brasileirão é muito maior que a Libertadores, o Paulista é muito maior que a Libertadores. Não sei que mel que a Libertadores tem. Isso aqui é um povico, uma coisa medíocre, ridícula. Foi uma arbitragem dolosa, tendenciosa, nos prejudicou abertamente. Ele operou o Corinthians aqui. Essa é a libertadores que todos falam? Você vem aqui e não deixam treinar com bola. Eles vão em São Paulo e treinam no Pacaembu. Isso é uma várzea. Nem o varzeano de Jaú é tão ruim como isso aqui. É terra sem lei

 

Mário Gobbi, presidente do Corinthians, em maio de 2012, ao reclamar da arbitragem da partida entre Emelec e Corinthians, em Guayaquil (Equador), que terminou empatada em 0 a 0

 

Frase 2:

A atuação do arbitro foi lamentável. Deixou de confirmar dois gols legítimos e não marcou um pênalti claro no Émerson Sheik. O Amarilla conduziu a partida muito mal. Deixou a desejar e influiu no resultado da partida. Espero que a Conmebol tome uma posição. Foi uma arbitragem lamentável

 

Mário Gobbi, presidente do Corinthians, em 15 de maio de 2013, após o jogo contra o Boca Juniores no Pacaembu, que terminou em 1 a 1 e tirou o Timão da Libertadores

 

 


 

CURTINHAS

 

PAULISTÃO DÁ MAIS GRANA… – Números divulgados pela Federação Paulista de Futebol provam que o Paulistão paga mesmo melhor que a Libertadores. O quarteto paulista (Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos) recebe cerca de R$ 10,8 milhões cada em direitos de TV para disputar o Estadual. O campeão leva mais R$ 2,5 milhões, e o segundo colocado, R$ 600 mil. Números que agradam os clubes grandes. Isso sem falar na renda dos jogos. Para ganhar R$ 8 milhões na Libertadores é preciso ser campeão.

CONVOCAÇÃO – A convocação do técnico Felipão para a Seleção Brasileira que disputará a Copa das Confederações não foi surpresa. Falam muito da ausência de Ronaldinho Gaúcho e Kaka. Tudo normal. Felipão é um técnico que preserva a força física. Jogadores muitos criativos não têm vez com o treinador…

AZULÃO – O São Caetano está treinando em Itu visando o Campeonato Brasileiro da Série B. O novo técnico, Marcelo Veiga, ex-lateral do Santo André está otimista porque vieram 10 reforços todos de boa qualidade. “Estou confiante pois os reforços são de boa qualidade e tenho certeza que faremos bom campeonato”. O São Caetano estréia dia 24 de maio contra o Ceará no Estádio Anacleto Campanella.

AZULINHO – A equipe Sub 20 do São Caetano foi campeã da Copa EME (Ed Mauro Eventos). Na final, o Azulinho venceu o Red Bull por 3 a 0. Os gols foram assinalados por Cris, Niltinho e Igor. Em nove jogos disputados, foram oito vitórias e apenas um empate, com o aproveitamento superior a 92% dos pontos.

COPA PAULISTA – Eliminado da Copa do Brasil pelo Cricíuma, o São Bernardo começa a se preparar para a Copa Paulista que começa apenas em julho. O time vai estrear contra o Audax. É muito provável que vários jovens sejam aproveitados pelo técnico Wágner Lopes.

LIÇÕES – Eliminado da Copa do Brasil pelo Goiás, o elenco do Santo André pretende tirar lições das derrotas sofridas diante dos goianos para ter sucesso nas competições que terá no restante do ano. O Ramalhão ainda jogará nesta temporada a Série D do Campeonato Brasileiro e a Copa Paulista, ambas no segundo semestre. O técnico Dedimar vem sendo elogiado pelos jogadores pelo trabalho que vem realizando.

NOVELA – A “novela” envolvendo a saída do jogador Neymar, do Santos, para a Europa já se tornando irritante. Cada semana surge um novo clube interessado, mas o Santos continua fazendo um grande leilão. Seria melhor haver uma decisão logo. O próprio jogador está perdendo a paciência com a imprensa quando perguntado sobre a sua transferência…

COISA FEIA – A polêmica sobre a escalação do árbitro para a final do Paulistão entre Santos e Corinthians, na Vila Belmiro, pegou mal. Sorteado inicialmente, Rodrigo Braguetto foi substituído posteriormente por Guilherme Ceretta de Lima. Bragueto tem a empresa Apto Esportes que presta serviços ao departamento amador do Corinthians. Incrível, mas a Federação não sabia disso?

IMAGEM MANCHADA – Braguetto, ao saber do novo sorteio e seu afastamento, resolveu encerrar a carreira pois acredita que sua imagem ficou arranhada no caso. Agiu com personalidade o juiz que afirma ainda não ter solicitado sua retirada do jogo conforme anunciou a Federação. ”Tenho uma empresa sim, que presta serviços não só ao Corinthians, como ao Santo André, Portuguesa e São Paulo. Não é possível viver só de arbitragens, pois só ganhamos quando somos escalados”, dispara.

SAUDOSO – Braguetto disse ter amanhecido nesse domingo com saudade da arbitragem, mas reforça que tomou uma posição coerente. ”Resolvi parar porque não haveria mais razão de continuar na Federação. Vou tomar conta dos meus negócios. Mas realmente estou triste em abandonar uma carreira de 17 anos como árbitro. Levantei nesse domingo com um vazio por não ter a oportunidade de apitar mais. Mas isso vai passar…”

14 ANOS – O Ginásio Poliesportivo de São Bernardo comemora 14 anos de sua inauguração nesta quarta-feira (22). O ginásio foi inaugurado em 22 de maio de 1999 pelo então prefeito Mauricio Soares. Hoje, é uma referência no esporte brasileiro. No local, são realizadas competições com atletas de alto nível do vôlei, basquete, handebol e futsal.


* Saulo Leite é jornalista profissional e profundo conhecedor do esporte na região. Sugestões, criticas ou elogios: sauloleitejornalista@gmail.com

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Complô contra os times brasileiros na Libertadores?"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *