Casos suspeitos de dengue avançam 14% no Grande ABC

969 0

Da Redação – O número de casos suspeitos de dengue nas sete cidades do ABC registrou alta de 14,4% até a oitava semana epidemiológica, encerrada em 27 de fevereiro, na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados coletados com os municípios e repassados ao Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE7), da Secretaria de Estado da Saúde.

O balanço aponta um crescimento na comparação com 2015, contabilizando 2.910 casos suspeitos este ano, contra 2.543 no ano passado. O levantamento também indica 29 casos autóctones (contraídos no próprio município). O número é inferior ao registrado até a 8ª semana epidemiológica de 2015, quando a região somou 509 casos autóctones.

O balanço está sendo acompanhado pela Sala de Situação Regional para o Combate ao Mosquito da Dengue, criada em dezembro pelo Consórcio Intermunicipal Grande ABC e coordenada pelo Grupo de Trabalho Saúde da entidade. Responsável pelo planejamento das ações de mobilização contra o Aedes aegypti no ABC, o grupo se reúne semanalmente.

A região continua aguardando o número total de casos confirmados de dengue que o Instituto Adolfo Lutz prevê divulgar ainda nesta semana. O órgão do governo do Estado é responsável pela realização dos testes a partir da coleta de sangue enviada pelos municípios.

Zika e chikungunya – Os dados coletados pelas cidades da região apontam ainda 28 casos suspeitos de zika vírus, sendo 26 em São Bernardo do Campo, 1 em Mauá e 1 em Santo André. Já a febre chikungunya contabiliza 68 casos suspeitos, sendo 51 em São Bernardo do Campo, 8 em Mauá, 8 em Santo André e um em São Caetano do Sul. Todos ainda aguardam confirmação.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Casos suspeitos de dengue avançam 14% no Grande ABC"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *