Carmén Sallés é canonizada pelo papa Bento XVI

1250 0

Mariana da Cruz Mascarenhas (Especial para o CliqueABC) – No último dia 21 de outubro de 2012 o papa Bento XVI celebrou na Praça São Pedro, no Vaticano, uma missa onde sete beatos foram canonizados. Entre eles a Irmã Maria Carmen Sallés y Barangueras, fundadora da Congregação das Concepcionistas Missionárias do Ensino, que abrange instituições escolares espalhadas pelo Brasil e por mais 15 países.

carmemCarmen Sallés nasceu em Vic (cidade da província de Catalunha na Espanha) no dia 9 de abril de 1848. Ao perceber como a educação feminina era muito limitada naquela época, a partir de 1892 ela, junto com três companheiras, resolveu fundar uma Congregação Religiosa destinada primeiramente às mulheres, a fim de oferecer a elas uma educação em que se harmonizassem a piedade e as letras, a virtude e a ciência, se inspirando em Maria Imaculada para cumprir sua missão.

Em 1911 a fundadora da Congregação já havia estabelecido treze casas na Espanha, vindo a falecer em julho daquele mesmo ano, legando às suas companheiras a missão de dar continuidade ao crescimento da Congregação pelo mundo, começando por Itália e Brasil – onde as irmãs concepcionistas chegaram em 1912, fundando a primeira casa em Machado, Minas Gerais.

papa“A Congregação está em festa. A canonização de Carmen Sallés traz uma sensação de acolhimento e total gratidão”, relata Irmã Carmen de Ciccio, diretora do Colégio Maria Imaculada em São Paulo – pertencente à Congregação.

O milagre – O ano 2000 foi marcado por momentos trágicos e também surpreendentemente maravilhosos na vida da família de Maria Isabel Gomes de Melo Gardelli – à época com apenas três anos de idade. A menina estudava no Colégio Maria Imaculada, em São Paulo, e um dia, enquanto passeava de carro com a mãe, começou a sofrer uma paralisação corporal que a princípio entortou sua boca e depois foi comprometendo os membros inferiores e superiores.

Desesperada, a mãe de Maria Isabel levou-a ao Hospital das Clínicas para descobrir a enfermidade da filha. Dois dias e alguns exames depois os médicos diagnosticaram uma isquemia cerebral em fase aguda (redução localizada de fluxo sanguíneo ao cérebro). Mandada de volta para casa para que pudesse descansar por alguns dias, recebeu recomendação médica de se preparar para sessões de fisioterapia e fonoaudiologia, já que ela mal conseguia engolir e babava quase o tempo todo.

Mas as notícias não eram nada boas: os médicos afirmaram à família da garota que era praticamente impossível que ficasse curada totalmente, caso ela se recuperasse. Eles não lhe disseram que o mais provável era, caso sobrevivesse, que a menina ficasse com sequelas típicas de epilepsia. Angustiada, a mãe foi conversar com a Irmã Maria José Lemos, Diretora do Infantil do colégio em que a pequena estudava. A Diretora então iniciou uma novena junto à família de Maria Isabel e suas coleguinhas de classe.

Passados cinco dias da novena e dez da enfermidade de Maria Isabel, todos os seus membros começaram a voltar à posição normal e sua boca desentortou de modo que a menina voltou à normalidade sem precisar de mais nenhum tratamento.

Onze anos depois todos os exames médicos foram repetidos e comparados com os iniciais e a Comissão Médica da Congregação para as Causas dos Santos declarou que a recuperação de Maria Isabel não tinha explicação científica e ao final de todo processo a validade do milagre foi confirmada pelo papa Bento XVI.

“Mais de 12 anos se passaram e hoje me dou conta e compreendo a gravidade da enfermidade que tive e do milagre que Deus fez por mim, com a intercessão de Madre Carmen Sallés. De alguma maneira me sinto agradecida a ela, que me deu a oportunidade de ter uma vida sã e feliz” relatou emocionada a menina Maria Isabel, hoje com 16 anos, em auditório lotado no espaço Parco Della Musica, em Roma, em uma homenagem a Carmen Sallés na véspera de sua canonização, no dia 20 de outubro.

“Agora que Carmen Sallés será declarada Santa, creio que se tornará mais conhecida e ajudará a um número cada vez maior de pessoas como me ajudou”, concluiu Maria Isabel. Tanto a homenagem realizada no auditório quanto a missa de canonização de Carmen Sallés, no Vaticano, atraíram peregrinos do mundo inteiro, que foram até Roma acompanhar de perto toda a festa de santificação.

basillica“A canonização de Carmen Sallés é um exemplo da total devoção que colocou pessoas do mundo todo em prol de um objetivo: espalhar sementes de amor e fé pelo planeta, formando uma corrente forte e poderosa que possa engrandecer ainda mais a missão da fundadora” afirma Carmen de Ciccio. Mas ela ressalta que ainda é necessário em todo o mundo que muitos cenários de guerras e conflitos devam se reduzir drasticamente ou mesmo acabar, e por isso missões como a de Carmen Sallés são de extrema relevância para se prosseguir no caminho de Deus, para ouvir o coração de Madre Carmen Sallés e seguir sua obra com a famosa frase dita por ela: “Adiante, sempre adiante. Deus Proverá”.

Mais informações sobre a vida de Carmen Sallés, acesse o link

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Carmén Sallés é canonizada pelo papa Bento XVI"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *