Câmara de SBC aprova requerimento à Sabesp por causa da qualidade da água

530 1
Ramon diz que a Sabesp já deveria ter apresentado uma solução e dado resposta à população

Da Redação – Presidida pelo vereador Ramon Ramos (PDT), a Câmara Municipal de São Bernardo do Campo aprovou na quarta-feira (24), durante a 12ª Sessão Ordinária, o Requerimento nº 63/2019, de autoria de todos os parlamentares da Casa.

O requerimento em questão solicita informações à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) sobre os incidentes no Grande ABC, em especial em São Bernardo do Campo, referente à qualidade da água fornecida entre os dias 17 e 25 de abril.

Entre vários questionamentos, o Legislativo questiona se foi realizada uma vistoria na Estação de Tratamento de Água para investigar os motivos que provocaram a mudança na água e se existe comprovação de que a água fornecida estava em condições próprias para o consumo.

Segundo Ramon Ramos, tal situação não é nova, sendo que piorou no último sábado (20). A coloração da água ficou ainda mais amarelada, e em alguns locais até barrenta.

“Não posso aceitar esse descaso com a população. Vamos cobrar explicações da estatal que trata e distribui a água. Além do uso da água que atualmente não é recomendado nem para banho, escovar os dentes e muito menos para cozinhar, entre os dias 24 e 25 de abril ficamos sem o fornecimento de água em quase toda a nossa cidade. Um verdadeiro absurdo!”, concluiu Ramon Ramos.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

1 comentário on "Câmara de SBC aprova requerimento à Sabesp por causa da qualidade da água"

  1. QUAL A DIFERENÇA ENTRE O PINÓQUIO E O ATUAL PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO BERNARDO DO CAMPO? nenhuma.

    Olha o que Ramon Ramos disse como se ele não tivesse assinado CONTRA a CPI da Sabesp: “Não posso aceitar esse descaso com a população. Vamos cobrar explicações da estatal que trata e distribui a água. Além do uso da água que atualmente não é recomendado nem para banho, escovar os dentes e muito menos para cozinhar, entre os dias 24 e 25 de abril ficamos sem o fornecimento de água em quase toda a nossa cidade. Um verdadeiro absurdo!”, concluiu Ramon Ramos.”

    Ricardo Garcia
    Voluntário Filiado ao NOVO
    São Bernardo do Campo-SP

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *