Boxe: modalidade é indicada para defesa pessoal e atrai muitas mulheres

124 0

A busca por mulheres pelo esporte cresceu 43% em 2020

Da Redação – Na Avenida Faria Lima, em São Paulo, é possível enxergar um grande número de mulheres e homens lutando boxe. Com uma corrente de vento potente, o Esporte Clube Pinheiros instalou o ringue a céu aberto no último dia 15 de novembro e instituiu a Marquise como local para as aulas de boxe por tempo indeterminado.

A sala de boxe do Clube, inaugurada em 2016 com a presença de campeões mundiais como Popó (Acelino Freitas) e Éder Jofre, foi fechada e todos, agora, podem assistir as aulas ministradas pelos ícones do boxe: Messias Gomes e David Lourenço. Este último forte candidato a lutar pelo Clube no ano que vem.

“O boxe não é só contato, não é violência, e o que eu faço como treinador desde 1974 é mostrar isso para crianças, jovens e adultos. É um esporte que auxilia os praticantes a desenvolverem inteligência emocional, poder de decisão e que auxilia nas tensões do dia a dia. Além disso, promove socialização e cooperação. E claro, traz táticas e sabedoria para a defesa pessoal”, explica Messias Gomes, treinador do Pinheiros e que já treinou atletas como Popó e Adriana Araújo que já disputaram o Mundial de Boxe.

É essa busca pela defesa pessoal e também para o desenvolvimento corporal/mente que o número de mulheres praticante de Boxe cresceu. A busca pelo termo – Boxe Feminino – no Google cresceu 43% em 2020 (Comparação com Novembro do ano passado). ” As mulheres no Pinheiros têm uma freqüência maior no Boxe do que os homens. O número de praticantes do sexo masculino ainda é maior, mas a frequência, a regularidade no esporte, quem domina são elas”, enfatiza Mário Soares, conhecido como Marinho no Clube e é o praticante mais velho da modalidade. Marinho tem 52 anos e ganhou o seu primeiro par de luvas quando tinha 1 ano de idade.

Desde que o boxe passou a ser à céu aberto, devido ao Coronavírus, no Esporte Clube Pinheiros o número de praticantes dobrou. De 150 alunos saltou para 300. ” Agora que todos podem assistir aos treinos no Clube e que conseguimos desmistificar que o boxe é violência, o número de estudantes aumentou. A integração deles é visível, o respeito ao distanciamento, ordem de chegada e até mesmo de permanência no ringue mostra que ter levado o boxe aos olhos de todos foi uma decisão acertada na minha gestão”, explica Ivan Castaldi, Presidente do Pinheiros.

Os benefícios do esporte além de melhorar o condicionamento físico muscular, trazer vantagem para a parte cardiovascular, e oferecer agilidade/destreza para os praticantes também tem um gasto calórico de aproximadamente 1000 kcal em uma hora e meia de aula. ” Nas aulas, os alunos permanecem no máximo 1 hora no treino, há o distanciamento social, é obrigatório o uso da máscara e cada participante deve limpar as suas luvas e demais itens que são de uso pessoal e não podem ser compartilhados. Além disso, após cada treino há a limpeza/higienização do ringue”, explica Jefferson Chagas, Coordenador de Esportes Associativos Competitivos.

O Clube Pinheiros sedia todos os anos, o campeonato Forja de Campeões, torneio amador em que apenas atletas estreantes participam. Em 2021, o torneio está previsto para ocorrer em Julho. Normalmente acontece em Janeiro, mas em decorrência da Covid-19 o evento foi adiado. O Clube ganhou em 2019 sua primeira medalha na Forja de Campeões. Quem conquistou a medalha foi Conrado Vita, de 29 anos, atual Diretor Adjunto da Escola de boxe. ” A Forja de Campeões é o maior torneio amador do Brasil. Ter sido o primeiro pinheirense a conquistar um prêmio na modalidade do boxe para o Pinheiros é uma grande honra. Com a nossa modalidade crescendo, com certeza as próximas gerações de associados irão nos representar ainda mais”, comemora Conrado. A Federação Paulista de Boxe (FPB) faz toda a parte técnica do campeonato e o Pinheiros sede o espaço e a organização da Forja de Campeões.

Os professores/treinadores do Pinheiros de Boxe são ex-atletas olímpicos e trazem para as aulas técnicas do esporte para todos sem exceção. “Ensinamos a defesa pessoal, para mulheres e homens, e como usá-la de maneira consciente. Nas academias, clubes e até no Centro de Treinamento os adeptos pelo boxe só cresce. Estamos desmistificando que o boxe é um esporte brutal. Dando lugar a uma modalidade que traz disciplina, mais segurança mental aos praticantes, e melhor qualidade de vida. O boxe é para todos”, finaliza Messias Gomes, de 64 anos que há 46 anos se dedica ao boxe.

Sobre o Esporte Clube Pinheiros
O ECP- Esporte Clube Pinheiros – nasceu em 1899 com a vocação para o esporte, cultura e educação. Com mais de 38.500 mil associados, a instituição entrega ao mundo atletas de alto rendimento, ensino de qualidade, e atividades dentro e fora do ECP que resgatam a sinergia entre as pessoas. Trata-se do maior clube da América Latina que agrega pessoas de várias faixas etárias, etnias, nacionalidades, e etc. A diversidade e o respeito são as nossas bases. Com uma infraestrutura adequada e tecnológica, o clube torna-se referência no esporte para os associados, parceiros, e brasileiros.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Boxe: modalidade é indicada para defesa pessoal e atrai muitas mulheres"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *