Avaliação do Pisa desnuda realidade nua e crua da Educação Básica no Brasil

162 0

Mari Tavares – Principal avaliação da Educação Básica no mundo, o Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudante) trouxe mais uma péssima notícia para o Brasil. O país que tem apresentado forte estagnação na avaliação de estudantes, desde 2009, agora aparece entre as 20 piores no ranking do Pisa, ocupando a 413°posição.

As três matérias que focadas pelos avaliadores foram Matemática, Ciências e Leitura. Participaram do Pisa, 79 países e territórios. Em 2015, ano em que foi divulgado o ultimo resultado, o número de participantes chegava a 70.

De 2015 para cá, a situação do Brasil no ranking infelizmente caiu bastante. Em Ciências, por exemplo, o Brasil estava em 2015 na 63ª colocação e, segundo a edição 2018 do Pisa, divulgado nesta terça-feira (8), ocupa hoje o 67º lugar no ranking.

Nesta matéria específica, o Brasil supera apenas países como Cazaquistão e Bósnia e Herzegovina, e ainda amarga uma avaliação pior que a dos seus vizinhos, Uruguai e Chile.

Em Matemática, também aconteceu uma queda: do 66º lugar para o 71º lugar, ficando à frente apenas de Argentina, Indonésia, Arábia Saudita, Marrocos, Filipinas, Kosovo, Panamá e República Dominicana.

Na disciplina de Leitura, que avalia principalmente a capacidade de interpretar textos, a situação também não é nada animadora. O país se manteve estagnado: o Brasil pulou da 59ª posição para o 58° lugar, atrás de países como México e Romênia.

É bom frisar que, os resultados divulgados nesta terça pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) são de 2018, portanto não representam dados do governo atual.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Avaliação do Pisa desnuda realidade nua e crua da Educação Básica no Brasil"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *