Atividades de educação ambiental chegam a cerca de 2 mil pessoas em Sto. André

88 0

Iniciativas virtuais realizadas pelo Semasa se consolidam como uma nova ferramenta de aprendizado

Texto: Susi Elena – Crédito-foto: Divulgação/Semasa

Da Redação – A pandemia do novo coronavírus e o isolamento social fizeram com que o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) buscasse alternativas para garantir a continuidade do acesso da população a atividades de educação ambiental.

A autarquia passou a disponibilizar conteúdo online e em tempo real, o que ampliou o número de participantes quando comparado a ações presenciais. A repercussão foi tão positiva que cerca 2.000 pessoas já participaram das atividades, inclusive de outros estados.

Em março, quando as iniciativas presenciais já estavam paralisadas, a equipe de educação ambiental do Semasa lançou o seu primeiro pocket curso virtual, com o tema ‘Panorama geral da água’. Daquele mês até dezembro, foram realizados 21 minicursos, chegando ao conhecimento de mais de 1.500 pessoas.

Entre as temáticas, estão assuntos sobre rios urbanos, resíduos sólidos, compostagem, consumismo e infância e meio ambiente. O sucesso foi tanto que diversas formações chegaram a bater mais de cem inscritos – alcançando até mais de duzentas manifestações de interesse.

“Já estávamos em processo de construção para inserir em nossa programação a metodologia do trabalho online, porém, com a chegada repentina da pandemia, esse processo teve de ser acelerado, fazendo com que neste ano mais de 95% de nossas ações fossem de forma virtual”, explica o gerente de Educação e Mobilização Ambiental do Semasa, João Aparecido Mendes. Para o próximo ano, a ideia da equipe de educação ambiental é consolidar essa metodologia como parte da programação de atividades.

Outra ação inovadora do Semasa foi o lançamento do projeto Tardes Interativas, realizado em tempo real para permitir que o público possa compartilhar saberes e experiências, além de interagir com profissionais de diversas áreas de formação. Desde o início da iniciativa, em setembro, foram ao ar três formações, que contaram com aproximadamente 250 pessoas envolvidas.

Só o último encontro virtual, realizado com a temática ‘Meio ambiente, infância e consumismo’, em parceria com o Instituto Alana, alcançou mais de cem pessoas, e 97% dos participantes classificaram o evento como excelente, destacando a qualidade dos palestrantes, da organização e da temática. “A atividade instigou várias reflexões sobre as vivências em tempo de pandemia e a minha prática socioambiental com as crianças”, destacou a pedagoga Marina Garrido.

Tanto o projeto Tardes Interativas quanto os pocket cursos online terão novas atividades e temáticas em 2021, garantindo o acesso da população a informações teóricas e práticas sobre meio ambiente e qualidade de vida, o que contribui para fortalecer a Política Municipal de Educação Ambiental de Santo André. Para receber novidades sobre as atividades, os interessados podem enviar e-mail para educ.ambiental@semasa.sp.gov.br. A agenda de atividades também é sempre divulgada no site (www.semasa.sp.gov.br) e no Facebook do Semasa.

Além das formações online para o público adulto, foi lançado em junho deste ano o Hendu, espaço de sensibilização ambiental infantil. A plataforma de conteúdo interativa também continuará no ano que vem com novas atividades e contações de história para a criançada.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Atividades de educação ambiental chegam a cerca de 2 mil pessoas em Sto. André"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *