Aplicativo em Diadema recebe denúncias de abuso no transporte

775 0

Da Redação – No Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher, 10/10, a Prefeitura de Diadema, em parceria com a CittaMobi e com a SOU Diadema, lançou um recurso que permite denunciar abuso sexual e qualquer outro tipo de violência dentro dos ônibus municipais. “Estamos oferecendo ao cidadão outros meios de segurança, meios tecnológicos. Este aplicativo serve para todos e demonstra um grande avanço para a nossa cidade”, afirmou o prefeito Lauro Michels.

Segundo o Datafolha, em 2016, no Brasil, 40% das mulheres acima de 16 anos sofreram algum tipo de assédio. No transporte público, foram 5,2 milhões de assédios físicos e 2,2 milhões de mulheres beijadas ou agarradas sem consentimento.

O aplicativo CittaMobi realizou recentemente uma pesquisa, com mais de 59 mil brasileiros, que indicou que a segurança é a maior preocupação entre os entrevistados. Foi pensando neste contexto que o Botão Mulher + Segura foi criado. O novo recurso está disponível no aplicativo da CittaMobi que já é utilizado para fazer a compra de créditos para o Cartão SOU e para indicação dos horários de chegada dos ônibus nas paradas em tempo real.

A nova função permite à usuária enviar alertas de emergência em apenas três etapas. Para isso, é necessário abrir o menu do aplicativo e clicar no item “alerta de emergência”. Logo, o usuário é direcionado para uma tela de opções com a seguinte pergunta: “Que tipo de emergência está ocorrendo?” que dá quatro opções – assalto à mão armada, violência, abuso sexual e outro tipo. Após selecionar uma dessas, o aplicativo pede para que a denunciante detalhe um pouco sobre o acontecimento, o que é optativo. Ao finalizar, aparece para a usuária uma mensagem informando que o alerta foi encaminhado para os órgãos competentes e a denúncia é enviada para a Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema que dá prosseguimento à ocorrência.

A denúncia não se restringe apenas à vítima. Quem observa ou presencia uma situação de violência também pode enviar o alerta. Apesar de fazer parte do aplicativo de mobilidade urbana, o usuário consegue realizar a denúncia independente de estar no ponto ou no ônibus. Então, caso observe alguma situação de violência em outros lugares, pode ser enviado um alerta.

Na cidade, o aplicativo conta com cerca 20 mil usuários. Por meio do GPS dos ônibus, o aplicativo mostra o endereço exato do veículo, mesmo que ele esteja se locomovendo durante a ocorrência. Além de saber as ocorrências, o aplicativo ainda proporciona, para a GCM, um mapa de calor da cidade que mostra o local de maiores ocorrências pelo GPS dos celulares dos usuários.

“Essa funcionalidade tem como objetivo disponibilizar um novo canal para comunicar situações de violência, seja no transporte coletivo ou não. Além disso, o aplicativo gera estatísticas que nos auxiliam a trabalhar com outras políticas públicas, podendo oferecer mais segurança para a população”, ressaltou a secretária de Assistência Social e Cidadania, Caroline Rocha.

“O CittaMobi é a plataforma que oferece soluções em diversos aspectos para a vida das pessoas nas cidades, seja por melhorar a qualidade do tempo, seja por dar voz aos cidadãos em casos de violência. Nós agradecemos a Prefeitura de Diadema por esta parceria”, disse o gerente de produtos do CittaMobi, Fernando Matsumoto.

O lançamento ocorreu durante a abertura do Outubro Rosa, na Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente (RECAD).

Outubro Rosa

Em Diadema, a campanha tem ganhado força ao longo dos anos. Atualmente, a ação conta com a parceria do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, das secretarias de Saúde, Assistência Social e Cidadania, Esporte e Lazer, Cultura, Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (CREPPIR) e Fundo Social de Solidariedade, além das entidades filantrópicas Se Toque Melhor, Rede Feminina de Combate ao Câncer e da Casa Beth Lobo – Centro de Referência à Mulher em Situação de Violência Doméstica.

“Estamos trabalhando para que a campanha tenha ainda mais destaque, com atividades disponíveis em diversos pontos da cidade. O principal objetivo é conscientizar às mulheres para um assunto que é tão sério”, explica a coordenadora da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, Fernanda Faustino de Oliveira.

Durante todo o mês de outubro, as Unidades Básicas de Saúde, juntamente com o Centro de Referência de Assistência Social, estão realizando programações especiais para promover a importância da prevenção e do autocuidado feminino. Entre as atividades, estão rodas de conversas, palestras, caminhadas, exames rápidos, meditações, entre outras.

 

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Aplicativo em Diadema recebe denúncias de abuso no transporte"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *