Ano olímpico: programa forma professores de Educação Física da rede estadual

600 0

Da Redação – As escolas da rede estadual de ensino também serão ‘sedes’ dos Jogos Olímpicos 2016. O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Educação de São Paulo e do Comitê Paulista das Olimpíadas 2016, em parceria com o Ministério da Educação, participa do Programa Transforma.

A ideia principal do programa é levar os Jogos Rio 2016 para dentro das salas de aula, além de fortalecer o papel do jovem como agente de transformação por meio de vivências dos valores olímpicos e paralímpicos, experimentação esportiva e estímulo à vida saudável e engajamento nos jogos. A previsão é que professores das cinco mil unidades de ensino sejam capacitados em cursos online e presenciais e cerca de 3,7 milhões de alunos serão beneficiados com o programa.

A primeira fase do projeto é realizada nesta semana em São Paulo. Ontem (15) e hoje (16), 182 diretores e professores de núcleos pedagógicos de Educação Física recebem, via videoconferência, orientações sobre as atividades e os objetivos da ação. Eles foram escolhidos para serem os multiplicadores nas 91 Diretorias de Ensino e escolas.

Outros objetivos do Transforma são levar aos alunos modalidades de pouca tradição do público brasileiro, como rúgbi e badminton, além de disseminar o espírito olímpico e discutir temas que vão além das quadras, como inclusão, respeito, colaboração e sustentabilidade. Por isso, a proposta é que professores de outras disciplinas façam parte da iniciativa e levem o projeto para o plano de aulas.

Para a secretária executiva do Comitê Paulista das Olimpíadas 2016, Milena Roggero, o Transforma é uma importante ferramenta pedagógica para os professores da rede estadual de São Paulo utilizarem em sala de aula. “É um instrumento que poderá ser utilizado, inclusive, depois do término das Olimpíadas”, ressaltou.

Currículo de SP inclui os 26 esportes olímpicos – Na rede estadual, além dos tradicionais jogos coletivos (futebol, handball e vôlei), as escolas oferecem uma série de outras atividades. Entre elas, estão as aulas de baseball, frisbee, badminton, tchoukball e o próprio rúgbi. Na lista de orientações elaboradas pela Coordenadoria de Gestão da Educação Básica (CGEB), há ainda dicas de jogos de tabuleiros e raciocínio, noções e táticas de esportes (coletivos e individuais) e até o estudo de manifestações culturais, como o folclore e o hip hop.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Ano olímpico: programa forma professores de Educação Física da rede estadual"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *