Alunos do Projeto Rondon apresentam diagnóstico sobre a cidade de Diadema

375 0

Da Redação – Nesta quinta-feira, 19/07, os alunos do Projeto Rondon, que estão na cidade desde o início da semana, apresentaram o diagnóstico das demandas do município, no auditório do Paço Municipal.

Os possíveis campos de atuação propostos pela equipe são: apoio no processo do Plano Diretor, que já vem sendo feito pela Prefeitura; capacitação para elaboração de projetos e captação de recursos; revisão das leis dos conselhos; estudo das potencialidades turísticas da cidade; entre outros.

A parceria é uma iniciativa da Secretaria de Assistência Social e Cidadania e tem por finalidade elencar ações para serem implantadas no município. “A equipe do Projeto Rondon conseguiu bastante conteúdo, tanto com as perguntas quanto com os relatos que tiveram. Tenho certeza que este relatório será bem produtivo e que vai ter muita informação para trabalharmos. Gostaria de agradecer a todos que contribuíram para o andamento desta parceria”, destacou a secretária de Assistência Social e Cidadania, Caroline Rocha.

Para a estudante de Gestão de Políticas Públicas da Universidade de São Paulo (USP), Lauana Simplício Pereira, ter a oportunidade de conversar com todos foi essencial para o diagnóstico. “Foram cinco dias de ricas experiências, muitas trocas de conhecimento com a administração pública, tanto com o Legislativo quanto com Executivo. Participei de reuniões com secretários, mas também tive contato com a sociedade. Ter contato com essas pessoas nos possibilitou chegar a um diagnóstico”.

O professor José Celso Martins, da Universidade Metodista de São Paulo, destacou a necessidade de pensar em soluções para a demanda. “É importante diagnosticar não só o que precisa ser feito, mas como deve ser feito”.

Com o diagnóstico, os alunos voltam para o Instituto do Projeto Rondon para desenvolver os projetos. A parceria conta com diversas instituições de ensino, que podem sugerir soluções para as demandas, como a Faculdade de Medicina do ABC, Universidade Metodista de São Paulo, a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, a Universidade Presbiteriana Mackenzie, a Universidade Santo Amaro, a Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva, o Centro Universitário Hermínio Ometto, a Escola de Artes Cênicas e Humanidades, a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia e o Instituto de Ciências Biomédicas.

Após a criação, os projetos são enviados para a Prefeitura e passam por uma avaliação. Caso sejam aprovados, a equipe volta para dar andamento.

Projeto Rondon – O objetivo do Projeto Rondon é desenvolver ações que tragam benefícios para as comunidades parceiras, como estimular a melhoria do bem-estar social. Além disso, busca também, integrar universitários a realidade dos municípios, dando a eles responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses, contribuindo assim para a formação acadêmica dos estudantes.

“A grande vantagem do projeto é que a gente tem uma experiência de imersão na administração pública na prática e vivenciar os problemas urbanos durante o período da faculdade. Assim, saímos muito mais preparados para a vivência em sociedade e para o mercado de trabalho”, completou a aluna Lauana Simplício Pereira.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Alunos do Projeto Rondon apresentam diagnóstico sobre a cidade de Diadema"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *