Alckmin assina parceria com Paraná para fortalecimento turístico de Angra Doce

826 0

Da Redação – O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o governador do Paraná, Beto Richa, assinaram nesta sexta-feira, 3, parceria para investimentos na região de Angra Doce, na divisa do Paraná e São Paulo. A iniciativa inédita prevê que os dois Estados possam alocar investimentos na mesma área, transformando-a num importante polo turístico.

“O Estado de São Paulo e o Paraná têm o mesmo DNA, pois até o século XVIII foram a mesma província. E esse DNA é o compromisso com o trabalho”, afirmou o governador Geraldo Alckmin. “E hoje temos uma grande sinergia, estamos juntos para poder criar mais empregos na região”, completou Alckmin. Dez cidades paulistas e cinco paranaenses, que ficam às margens da represa de Chavantes, serão beneficiadas com o fortalecimento econômico do turismo.

A região da represa de Chavantes recebeu o nome de Angra Doce em razão da formação de várias baias e ilhas, que lembram a região de Angra dos Reis, no litoral fluminense, em torno do lago. A região tem 400 km2 de extensão e o lago tem mais de 9 bilhões de m3 de água, formado pelos rios Paranapanema e Itararé.

A assinatura do convênio possibilita o início de estudos e ações de trabalho para a melhoria da infraestrutura da região, com recursos dos dois Estados. Além disso, abre a oportunidade para que a iniciativa privada também possa participar dos investimentos, por meio do Programa Cidades do Pacto Global, da Organização das Nações Unidas (ONU).

São contempladas no projeto as cidades de Ribeira~o Claro, Carlo´polis, Siqueira Campos, Jacarezinho e Salto do Itarare´, no Estado do Parana´; e Chavantes, Ourinhos, Canitar, Ipaussu, Timburi, Piraju, Fartura, Bernardino de Campos, Itaporanga e Bara~o de Antonina, no Estado de Sa~o Paulo.

Das cidades paulistas, ao menos cinco já declararam intenção de se transformar em Municípios de Interesse Turístico (MIT). A criação dos MITs foi iniciativa do governador Geraldo Alckmin, concretizada pela Lei Estadual n° 16.2837/2016. Ao todo, devem ser criados, até o final deste ano, 140 MITs. Cada um deles deve receber recursos para serem investidos na melhoria do setor de turismo, a exemplo do que já é feito hoje com as cidades consideradas estâncias turísticas. A Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo será um dos órgãos públicos responsáveis pela gestão do projeto e dos estudos.

Uma lei federal define a região formada pela represa como área especial de interesse turístico. É isso que possibilita aos dois Estados fazerem investimentos em Angra Doce. “A região deve se transformar no novo polo turístico dos dois Estados, o que vai gerar empregos e uma melhoria na qualidade de vida dos moradores das cidades paulistas e paranaenses atendidas pelo projeto”, disse o secretário de Turismo de São Paulo, Laércio Benko.

Total 2 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Alckmin assina parceria com Paraná para fortalecimento turístico de Angra Doce"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *