“ABC Contra o Aedes” mobiliza população na divisa de Santo André, São Bernardo e São Caetano

838 0

Da Redação – Mais de 400 agentes de Saúde, além de parceiros da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Segurança Urbana, União dos Escoteiros/SP e líderanças comunitárias participaram na manhã deste sábado (30) da primeira ação deste ano da Campanha Regional de Combate ao Mosquito da Dengue, realizada pelo Consórcio Intermunicipal Grande ABC.

Além de atividades lúdicas e educativas, as equipes técnicas realizaram visitas casa a casa na região da chamada “tríplice fronteira”, na divisa entre os municípios de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul. O presidente do Consórcio e prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, o vice-presidente da entidade e prefeito de Diadema, Lauro Michels, e os prefeitos de Santo André, Carlos Grana, e São Caetano, Paulo Pinheiro, prestigiaram o ato.

“Na nossa região, a dengue não está fora de controle, mas é importante ter consciência do trabalho necessário em cada residência, em cada lote vazio, na ação conjunta de todos e todas. Se trabalharmos assim, nós venceremos esta guerra”, disse o prefeito Luiz Marinho. O presidente do Consórcio lembrou que a escolha do local da ação, próximo às fronteiras municipais, “dá a dimensão de regionalidade” da campanha. Mobilizações semelhantes estão previstas para os meses de fevereiro, março e abril, incluindo as sete cidades e o município de São Paulo, que foi representado no ato pela secretária adjunta de Saúde, Célia Bortoleto. “Esse tipo de iniciativa é muito importante, porque o mosquito não enxerga divisas”, afirmou.

Com concentração inicial nas proximidades da feira-livre da Rua Afonsina, no bairro Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo, a ação deste sábado envolveu também orientação aos consumidores e pedestres que passavam pelo local, além de uma carreata pelas ruas próximas, tendo à frente veículos do Corpo de Bombeiros. A dona de casa Maria Silva Azevedo, 73, foi abordada por uma agente fantasiada de mosquito e demonstrou conhecer as dicas básicas para localizar e eliminar o mosquito. “Já tirei os pratinhos das plantas e estou sempre olhando para não deixar água parada em lugar nenhum”, disse.

O coordenador do Grupo de Trabalho Saúde do Consórcio e Secretário da pasta em Santo André, Homero Nepomuceno Duarte, destacou a importância de gestos simples de cada morador para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor também do zika vírus e da febre chikungunya. “Mais de 80% dos criadouros estão concentrados dentro de casa”, reforçou, citando pesquisas recentes feitas no município que servem de parâmetro para toda a região.

Casa a casa – Até o final da manhã, equipes de Saúde de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul percorreram as ruas próximas ao local da concentração para orientar moradores. Foram visitados imóveis dos bairros de Rudge Ramos e Vila Vivaldi (São Bernardo), Vila Palmares e Sacadura Cabral (Santo André) e bairros Mauá e Santa Maria (São Caetano do Sul).

Na clínica de psicologia e terapias alternativas Ponto de Equilíbrio, localizada na Rua José Aníbal Colleoni, 245, Rudge Ramos, o funcionário Gabriel Ventura, permitiu a entrada do agente de controle de vetores da prefeitura de São Bernardo, José Carros Nizes, para verificar a existência de focos de dengue. “O importante é não haver ponto de água parada para evitar o desenvolvimento do mosquito. É preciso também lavar as bordas dos bebedouros dos animais”, explicou, citando locais onde os ovos podem ficar depositados por até um ano.

O agente, que realiza esse trabalho há três anos, reconheceu que as recentes campanhas na mídia e a gravidade da situação, com o aumento dos casos de microcefalia provocados pelo zika vírus, fizeram com que a população aceitasse melhor as vistorias. Para Gabriel Ventura, que permitiu a visita pela primeira vez, não há outra atitude a tomar: “Não tem porque não deixar a prefeitura entrar”, destacou.

A Campanha Regional de Combate ao Mosquito da Dengue foi lançada oficialmente na assembleia de prefeitos de dezembro. Desde então, o Consórcio tem promovido a conscientização sobre a importância do combate ao mosquito e divulgado o slogan: “Combater os focos da dengue está em suas mãos”. Grafites de artistas das sete cidades foram transformados em outddoors e busdoors; anúncios foram publicados na mídia impressa e, nas redes sociais, posts trouxeram orientações aos cidadãos.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "“ABC Contra o Aedes” mobiliza população na divisa de Santo André, São Bernardo e São Caetano"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *