Moradores são certificados pelo Fundo Social e Centro Paulo Freire

1928 0

Da Redação – Cerca de 400 alunos dos cursos gratuitos de qualificação profissional ministrados pelo Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Pires, em parceria com o Centro de Formação Profissionalizante Professor Paulo Freire, receberam seus certificados durante formatura realizada na noite dessa sexta-feira, dia 6 de julho, no Salão Social do Ribeirão Pires Futebol Clube.

O grupo de formandos contou com alunos de Padaria Artesanal; Informática; Corte e Costura; Assistente de Cabeleireiro (Corte e Escova); Manicure e Pedicure; Construção Civil (Pedreiro); Atendimento ao Cliente; Boas Práticas de Fabricação de Alimentos; e Chocolateiros.

Os cursos ofertados pelo Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Pires contaram com a parceria do Governo do Estado de São Paulo, através do Fundo Social de Solidariedade estadual;  Centro Paula Souza; Sindicato dos Panificadores (Sipan-Aipan), SEBRAE-SP, entre outros parceiros.

Segundo o prefeito de Ribeirão Pires, Adler Teixeira – Kiko, o trabalho desenvolvido pelo Fundo Social edifica o ser humano. “Quando assumimos o Governo, levamos o Fundo Social para uma sede própria, passando a ocupar o mesmo espaço do Centro de Formação Profissionalizante Professor Paulo Freire. Mais do que promover a capacitação profissional, a entidade promove, também, o resgate de pessoas em situação de vulnerabilidade social através da Lojinha do Bem, que atende famílias cadastradas nos CRAS do município. Cuidar de quem mais precisa e garantir melhores oportunidades a todos é o maior legado que um gestor público pode deixar”, completou.

A formatura dos cursos de Ribeirão Pires contou com as presenças do governador do Estado de São Paulo, Márcio França, e da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade estadual, professora Lúcia França. “Cada vitória que a gente assiste, como nesta formatura, é a chance de um recomeço numa profissão, um novo estímulo para buscar melhoria na qualidade de vida”, declarou o governador aos formandos.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, Professora Lúcia França, enfatizou a importância dos professores no futuro profissional dos formandos. “Sou educadora há mais de 40 anos. Os aplausos que esses professores receberam comprovam que inspiram os alunos, como verdadeiros mestres. A formatura simboliza a vitória de cada aluno, significa que cada um deles superou inúmeras barreiras para conquistar o diploma”.

Já para a primeira-dama do Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Pires, Flávia Dotto, é motivo de “orgulho poder, por meio da entidade municipal, transformar a vida dos alunos através do conhecimento”. “Esta é a terceira turma formada, somando, desde o início de 2017, mais de 1260 pessoas beneficiadas com a capacitação profissional”, disse.

Tendo realizado ações sociais, como o trabalho com os idosos do Viva Bem a Idade Que Tem, Casa da Acolhida, além de aulas práticas com os funcionários da Defesa Civil Municipal e da Limpeza Urbana; o curso de Assistente de Cabeleireiro, ministrado pela professora Shirley Leôncio, formou mais 20 alunos, entre homens e mulheres, com idades entre 17 e 50 anos. “A demanda é tão grande porque o curso é rápido e de qualidade, o que permite que eles voltem ao mercado de trabalho”. A turma de Manicure e Pedicure também foi composta por 20 alunos.

Aquilia Ferreira de Souza Santos, 34 anos, moradora do Jardim dos Eucaliptos, em Ouro Fino Paulista, que frequentou as aulas do segundo módulo de Corte e Costura, acredita que aperfeiçoou as técnicas aprendidas no primeiro semestre, o que abriu um leque de opções para confeccionar para suas clientes. “Meu ateliê é em casa mesmo, já tenho clientes. E tenho a certeza de que estou capacitada para trabalhar numa confecção. Entre as peças que aprendi a fazer e que mais gostei está o blazer forrado. Ficou perfeito”.

Também participaram da festa de formatura os professores Rodrigo Santos da Silva (Construção Civil – Pedreiro), Lucilene Claudino dos Santos (Corte e Costura), Cristiano Guedes Lopes Nascimento (Informática),  Shirley Leôncio Silva (Escola da Beleza), Moacyr Simões (Padaria Artesanal) e Jane Cristina da Silva (Chocolateiro).

Visita ao Fundo Social – Antes do início da cerimônia de formatura, o governador Márcio França e a primeira-dama do Estado, professora Lúcia França, conheceram a sede do Fundo Social de Solidariedade da Estância, acompanhados do prefeito Kiko, da primeira-dama de Ribeirão Pires, Flávia Dotto, e do vice-prefeito Gabriel Roncon.

Durante a visita, a presidente do Fundo Social ribeirão-pirense apresentou as instalações da entidade, que abriga Galeria de Artesanato, a recém-inaugurada Lojinha do Bem, assim como espaços especialmente estruturados para a realização de cursos como corte e costura e construção civil.

“Com o apoio do prefeito Kiko, nossa equipe transformou o Fundo Social em um espaço acolhedor e preparado para atender as demandas dos cursos de formação oferecidos aos nossos moradores. O Fundo Social do Estado tem sido grande apoiador nessa trajetória. Teremos ainda mais frutos a colher nos próximos meses, graças às novas parcerias com o Fundo estadual”, afirmou Flávia Dotto.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Moradores são certificados pelo Fundo Social e Centro Paulo Freire"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *