Escola de São Caetano tem ponto de coleta de lixo eletrônico

813 0

Da Redação – Diversas escolas de São Caetano desenvolvem projetos de conscientização e preservação ambiental. Um exemplo é o da Escola Municipal de Ensino Fundamental e Médio (EMEFM) Arquiteto Oscar Niemeyer, que inaugurou um ponto de coleta de lixo eletrônico aberto à população e trabalha em questões de reciclagem de materiais utilizados na escola.

Os materiais podem ser entregues de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na Avenida Paraíso, 600, Bairro Oswaldo Cruz.

A EMEFM Arquiteto Oscar Niemeyer já trabalha com campanhas de reciclagem de lixo eletrônico desde 2013, mobilizando alunos e pais, mas agora o projeto foi expandido para atender toda a população que não sabe como descartar materiais velhos, como televisões, computadores, monitores e celulares. A escola não recebe apenas pilhas, lâmpadas (por uma questão de segurança dos alunos), toners, cartuchos e aparelhos muito grandes, como fogões ou geladeiras.

“Muitas vezes a população descarta estes produtos no lixo comum ou entregam a pessoas que estão interessadas apenas em retirar o cobre ou outros materiais com valor comercial, descartando de forma incorreta o lixo restante”, destacou o coordenador pedagógico do Ensino Médio da escola, Armando Pereira. “Por isso decidimos fazer este ponto de coleta. Firmamos uma parceria com uma ONG especializada em reciclagem de lixo eletrônico e envolvemos a comunidade escolar no projeto.”

Ao final do processo, um certificado de destinação ambientalmente adequada é emitido pela ONG e encaminhado ao morador que fez o descarte correto dos materiais, comprovando a sua participação na logística reversa de equipamentos eletroeletrônicos.

Pedagógico – Todas as ações ambientais realizadas nas escolas de São Caetano são contextualizadas em sala de aula. “A conscientização ambiental dos alunos é fundamental, e é na escola que eles vão ter contato com diversos conteúdos pedagógicos que vão auxiliar no desenvolvimento de projetos como esses”, explicou Armando Pereira. Em relação ao problema da destinação do lixo eletrônico, a EMEFM Arquiteto Oscar Niemeyer já realizou um fórum de discussão sobre o tema, com a participação de uma especialista da Universidade de São Paulo (USP).

Além do ponto de coleta de lixo eletrônico, a escola atua em outras frentes, com reciclagem de papel em todas as suas salas e também com o recolhimento de esponjas de cozinha para destinação adequada. “Tudo começa na escola. Não adianta falar de sustentabilidade ambiental se não conseguirmos conscientizar os estudantes, que vão levar esse trabalho adiante. E a escola tem de dar o exemplo com suas ações”, avaliou a diretora da EMEFM Arquiteto Oscar Niemeyer, Rosana Campana Chacon.

Apoio – A secretária municipal de Educação, Ivone Braido Voltarelli, lembrou que a comunidade escolar de São Caetano participa ativamente dos projetos ambientais, como foi visto também no desenvolvimento de um dispositivo de economia de água na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Luiz Olinto Tortorello. “Temos professores muito bem preparados, equipes gestoras atentas e alunos interessados em aprender. Isso faz o sucesso da Educação da cidade.”

O diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Prefeitura de São Caetano, Horácio Pires, falou sobre a relevância deste tipo de atividade nas escolas. “O trabalho de conscientização dos estudantes é importantíssimo. Com ele atingimos as crianças e jovens, que serão beneficiários de suas próprias ações em favor da sustentabilidade ambiental”. “É salutar também quando conseguimos sair apenas do discurso ambiental e apresentamos ações com resultados, como acontece nestas escolas”, elogiou.

Informações – O lixo eletrônico pode ser entregue à EMEFM Arquiteto Oscar Niemeyer de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na Avenida Paraíso, 600, Bairro Oswaldo Cruz. O telefone para mais informações é 4232-3800.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Escola de São Caetano tem ponto de coleta de lixo eletrônico"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *