Moradores do Lavínia abrem contagem regressiva para iniciar vida nova

833 0

Da Redação – Moradores do Jardim Lavínia mal escondem a ansiedade para iniciar nova etapa na vida, com a realização do sonho da casa própria. É que a Prefeitura de São Bernardo do Campo entrega neste domingo (17) a segunda etapa do projeto, com 88 novas unidades habitacionais no bairro. Em dezembro do ano passado já tinham sido entregues 96 moradias, de um total de 184.

Com os novos apartamentos, sobe para 4.046 o número de moradias entregues pela atual Administração, desde 2009. É o maior projeto habitacional da cidade das últimas décadas. Outras 2.109 estão em construção

As novas moradias vão beneficiar famílias que antes moravam em favela existente no local, e que desde 2012 deixaram a área e passaram a ser atendidas pelo Programa Renda Abrigo do município, que auxilia no pagamento de aluguel.

Além das moradias, o conjunto habitacional recebeu obras de infraestrutura, como contenção de encostas, drenagem, rede de água, esgoto, novos pontos de iluminação pública e asfalto. A área também conta com salão social, estacionamento interno e playground para lazer da garotada.

Com a entrega das unidades, os novos moradores passam a ter assegurado o direito a uma moradia digna e deixam de ser vítimas de ambientes nocivos à saúde, já que moravam em assentamentos precários, com esgoto correndo a céu aberto e poeira nas ruas.

Mais bonita – Para a dona de casa Benedita Vitorino Mateus, 65 anos, contemplada com uma das unidades entregues na primeira etapa, o programa habitacional da Prefeitura levou melhorias ao bairro como um todo. “Não mudou só a vida de quem precisava de moradia, mas dos que já tinham um teto, porque essa área ficou mais bonita, iluminada. Valorizou também os imóveis das proximidades. Antes era um amontoado de barracos, com esgoto e rato para todos os lados. Eu morava num barraco bem fraquinho. Quando dava aqueles temporais, tinha que buscar abrigo na casa de vizinhos que tinham o barraco um pouco mais estruturado. Foram 35 anos de sofrimento.”

Ciente do que representa o conforto de um lar onde se sinta segura e longe das más condições de saneamento, Benedita Vitorino se emociona ao falar do passado. “Só quem já morou em um lugar precário entende o quanto é bom ter uma moradia. Quem se inscreveu nos programas habitacionais e conseguiu sua casa tem de agradecer a Deus e ao prefeito (Luiz Marinho), que se sensibilizou com esse problema da moradia na cidade. Quem se mudar para cá tem de saber valorizar essa conquista e cuidar bem do local”, orienta.

As 88 unidades estão distribuídas em quatro blocos. Cada apartamento tem 42m². Foram investidos no empreendimento cerca de R$ 18 milhões – recursos do governo federal e contrapartidas do município e governo do Estado.

O Conjunto Habitacional do Jardim Lavínia já contava com outras 516 unidades da primeira etapa de obras, entregues nos últimos anos, também destinadas a famílias originalmente ocupantes da área.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Moradores do Lavínia abrem contagem regressiva para iniciar vida nova"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *