Educação tem centro de aulas flexíveis para mães que voltam a estudar

862 0

Da Redação – Conquistar o diploma da educação básica é a meta dos alunos que voltam às salas de aula. Nas escolas da Secretaria da Educação de São Paulo são mais de 280 mil matriculados na Educação de Jovens e Adultos, que tem 31 centros com jornadas de aulas flexíveis, que podem ser opção para as mães que pararam os estudos e agora desejam concluir a educação básica.

De acordo com um levantamento feito pela Secretaria da Educação com alunos acima dos 18 anos do Ensino Fundamental e Ensino Médio, de fato, a maioria (60%) dos que retornam para a escola é mulher e 44% tem filhos. Boa parte afirma que interrompeu os estudos para trabalhar ou para criar as crianças. Agora elas têm a chance de recuperar o tempo perdido, ampliar o conhecimento e crescer profissionalmente.

No ABCD, há um centro em que a jornada é flexível e o aluno matriculado recebe os roteiros de estudos e deve comparecer ao CEEJA quantas vezes forem necessárias para tirar dúvidas com os professores, frequentar oficinas ou palestras desenvolvidas pela instituição e realizar as avaliações.

Na Escola Estadual Professor Homero dos Santos Forte, na região de Paraisópolis, na capital paulista, a classe da EJA é composta em sua maioria por pais de alunos. No período da noite, são as mães que ocupam as carteiras e tiram dúvidas sobre equação de 2º grau, células vegetais, sintaxe e tantos outros conteúdos propostos pelo currículo do Estado. A principal preocupação delas é ter autonomia para ajudar na lição de casa de crianças e adolescentes e traçar um novo futuro e novos sonhos em parceria.

“Hoje, as mulheres são, ao mesmo tempo, mães, trabalhadoras, chefes de família e estudantes. Por isso, a Secretaria investe constantemente em materiais didáticos atrativos aos adultos, na formação dos professores e em propostas de aula que dialoguem com os nosso perfil de alunos e que incentivem a continuidade dos estudos”, afirma Virgínia Mendes, diretora do Centro da Educação de Jovens e Adultos da Secretaria da Educação.

Ensino com foco no trabalho – Desde o início do ano, todos os alunos matriculados no Ensino Fundamental da EJA e CEEJA receberam um reforço nos estudos: o material “EJA – Mundo do Trabalho”. Elaborado em parceria com Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, o kit traz conteúdos sobre mercado, a história do trabalho no mundo e Brasil, e até orientações para elaboração de currículos. Outra novidade é a plataforma “Professor Online”. A ferramenta serve como complemento aos estudos. A grande vantagem é a possibilidade de tirar as dúvidas de qualquer lugar e a qualquer hora do dia.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Nenhum comentário on "Educação tem centro de aulas flexíveis para mães que voltam a estudar"

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *